Mostrar mensagens com a etiqueta cook's mood. Mostrar todas as mensagens
Mostrar mensagens com a etiqueta cook's mood. Mostrar todas as mensagens

dezembro 05, 2014

Tão simples, tão bom... (#6) - Tarte deliciosa de maçã

Gosto muito de tarte de maçã e há algum tempo que procurava uma receita que fosse simples e fácil de fazer, que desse para me confortar em qualquer altura, mas sem dar imenso trabalho. Finalmente encontrei uma (feita com outras frutas) e adaptei-a ao meu gosto. 
Ficou muito boa mesmo, ideal para estes dias frios que se avizinham. Convido-vos a experimentar!



O que vão precisar:
Cerca de 500g de maçãs cortadas em meias luas, sumo de meio limão, 75g açúcar amarelo, 40g farinha de milho. Uma embalagem de massa quebrada.

Como fazer:
Cortar as maçãs e regar com o sumo de limão. Reservar.
Pré aquecer o forno a 200 ºC.
Misturar bem o açúcar e a farinha, colocar sobre a maçã e envolver bem.
Estender a massa sobre uma tarteira, picar com um garfo, e colocar a maçã lá dentro. Polvilhar com canela (opcional).
Pincelar com ovo e levar ao forno cerca de 20 minutos. Baixar a temperatura para 180 ºC e deixar mais 30 minutos.
(Se servirem morninha ainda fica melhor!!)


Espero que gostem tanto quanto nós gostámos!. Bom fim de semana ;)




                                FACEBOOK - INSTAGRAM - PINTEREST - BLOGLOVIN

novembro 01, 2014

Inclusão em forma de bolo (sem glúten)

No aniversário do filho grande, levei um bolo para a escola para cantarmos os parabéns com todos os amiguinhos. Na hora de partir o bolo, um dos meninos não parava de me perguntar se também podia comer, se o bolo também era para ele, que também queria uma fatia... Eu não estava a perceber, mas estava incomodada (no sentido "aflita") com a forma como o menino ia fazendo as perguntas, até que a educadora me explicou que ele era intolerante ao glúten e que só podia comer o que trazia de casa! Fiquei cheia de pena e irritada, porque enquanto todos os meninos comiam o bolo do Homem Aranha, o T. ficou a olhar, à espera de comer o bolo dele à hora do lanche! E quando todos os meninos levaram as bolachas do Homem Aranha de prenda, o T. deixou a dele...
Quando a turma organiza pic nics, o T. ou não vai ou tem que comer à parte. Nas festas de aniversário, os pais levam bolo e gomas só para ele, e estão sempre em cima para ver se ele se "comporta". Embora com quatro anos, e tendo consciência dos efeitos, já saiba que não pode tocar na comida que não é dele!


Esta semana o Rodrigo quis levar um bolo para a escola, a propósito de um projecto que estão a fazer (e que vai merecer destaque) e eu lembrei-me logo do T. O bolo tinha que ser sem glúten! 
Pesquisei e encontrei esta receita da Mafalda*, que achei simples e perfeita para a ocasião. Fui com o Rodrigo  - que já tem consciência desta particularidade do amigo - comprar a farinha de arroz (encontrei no Jumbo) e mãos à obra. Depois enviei uma mensagem aos pais, a informar que ia levar o bolo e com o link da receita, 
De manhã, cruzei-me com a mãe do menino que me fez um verdadeiro inquérito: "que margarina tinha usado, se estava a cozinhar mais alguma coisa para além do bolo, se os utensílios não foram usados para mais nada, com que é que tinha untado a forma, se o bolo tinha cobertura... "
Fiquei em alerta total! Não tinha noção do perigo da contaminação dos alimentos, que não bastava usar uma farinha especial ou não usar farinha de todo, lembrei e relembrei vezes sem conta o processo todo para ver se tinha falhado alguma coisa... mas só descansei quando cheguei à escola e estava tudo bem com o menino, que já tinha comido duas fatias!!
Só aí me senti bem, e relembrei o agradecimento da mãe por alguém se ter lembrado (pela primeira vez) de incluir o filho num simples bolo!

(Espero que o Rodrigo tenha retirado algo mais deste bolo, para além da sua fatia!) ;)


* Em vez da banana usei maçã, e ficou muito bom!!


                                 




                                      FACEBOOK - INSTAGRAM - PINTEREST - BLOGLOVIN

outubro 30, 2014

Vocês não sei, mas eu adoro batatas fritas... e estas têm um segredo,

são feitas no forno!


Lavar muito bem as batatas. Cortar as batatas, com casca, em rodelas bem finas e mergulhar em água para retirar o amido.
Secar muito bem as batatas, com um pano. Quanto mais secas estiverem, mais estaladiças vão ficar.
Espalhar num tabuleiro forrado com papel vegetal e levar ao forno pré aquecido (200ºC).
Estar bem atento às batatas, para não correr o risco de queimar. (umas vão assar primeiro que outras).
Entretanto, picar cinco dentes de alho e levar numa frigideira ao lume com azeite, para suavizar um pouco. Juntar tomilho e deitar sobre as batatas quando já estiverem prontas. No fim, se quiser, pode juntar um pouco de queijo parmesão.

Óptimas para acompanhar uma carne assada, um bom bife, ou simplesmente como snack de entrada... huummm!







                                     FACEBOOK - INSTAGRAM - PINTEREST - BLOGLOVIN

outubro 24, 2014

Simples e delicioso!

Enquanto aguardo pelo novo livro da Mafalda, vou repetindo as receitas do anterior. Esta tarte de cebola e presunto é das minha preferidas, é diferente e deliciosa, leve e com sabores que eu adoro!É ideal para um fim de semana com calor ;)

O que precisa:
20g de manteiga; 100ml de azeite; 4 cebolas (cortadas em fatias muito finas); 1 c. sopa de vinagre balsâmico; 1/4 chávena vinho do Porto; 10 fatias finas de presunto; 1 embalagem de massa quebrada ou folhada; 4 batatas pequenas (cortadas em rodelas fininhas); tomilho e azeite q.b.

Como fazer:
Derreter a manteiga com duas colheres de sopa de azeite numa frigideira em lume médio. Juntar as cebolas, o vinagre balsâmico e temperar com sal. Baixar o lume e cozinhar cerca de 10 minutos ou até a cebola ficar caramelizada. Adicionar o vinho do Porto e esperar cerca de 3 minutos. Deixar arrefecer.
Aquecer o forno a 200ºC.
Estender a massa e colocar no tabuleiro preparado com papel vegetal. Rechear com a mistura de cebola, seguida das batatas. Temperar com sal e pimenta. Temperar com sal e pimenta e polvilhar com tomilho e azeite.
Levar ao forno por 25 minutos ou até a massa estar cozinhada e as batatas douradas.
Entretanto, levar as fatias de presunto ao microondas num prato com uma folha de papel de cozinha. Retirar do forno e polvilhar com o presunto partido aos pedaços.*
Acompanhar com uma salada!

Yummi!

*(o tempo depende da potência do microondas, eu fui experimentando. - como fiz com o bacon AQUI - Mas também se pode colocar no forno antes de colocar a tarte.)



                              FACEBOOK - INSTAGRAM - PINTEREST - BLOGLOVIN

outubro 10, 2014

O Outono pede bolo de limão e sementes de papoila!

Fácil de fazer, com um cheirinho e um sabor que eu adoro (limão) e com sementes que dizem ter tudo de bom. Acompanhado de um chá de frutos vermelhos, e as tardes de Outono não podiam ser melhores! ;)
  
 
 


 Vão precisar:
1 cháv. açúcar, raspa e sumo de 1 limão, 3 ovos, 1 cháv. iogurte grego, 1 cháv. leite, 3 cháv. farinha, 1/2 c. chá bicarbonato de sódio, 150g margarina, 3 c. sopa sementes de papoila.

Como fazer
Pré aquecer forno a 180ºC.
Misturar o sumo de limão, os ovos, o leite e o iogurte. Numa tigela garnde misturar os elementos secos (excepto as sementes). Juntar a margarina e esfarelar com a mão até obter pedaços (como o crumble). Juntar as sementes. Misturar delicadamente a mistura líquida.
Levar ao forno numa forma de bolo inglês, durante cerca de 40 minutos.


Espero que gostem! Bom fim de semana :)

(Não faço referência à fonte da receita, porque já não sei de onde a tirei)



                                      FACEBOOK - INSTAGRAM - PINTEREST - BLOGLOVIN

setembro 26, 2014

Figos e presunto... combinação perfeita!

Corram enquanto há figos (eu só encontrei no mercado), para experimentarem esta tarte que é muito, muito boa! Sirvam-na como entrada, num almoço "volante" em vossa casa, ou aproveitem o que resta dos dias de sol para comerem acompanhada só com uma salada! É tão gulosa... a tarte! ;)


Para a massa:
5 fatias de bacon, 300g farinha, 120g manteiga, 60g água

Recheio:
200g queijo creme, 10g azeite, 2 c. chá mostarda, 1 c. chá sal, 1 pitada pimenta, 12 fatias presunto, 12 figos cortados em quartos.

Pré aquecer o forno a 180ºC.
Colocar as fatias de bacon sobre papel absorvente e levar ao micro-ondas, 3 minutos, na potência máxima ou até que seque. Deixar arrefecer.
Picar o bacon num processador ou na Bimby. Juntar a farinha, a manteiga e a água e misturar tudo até formar uma massa. Forrar com a massa uma tarteira de fundo amovível. Picar com um garfo e levar ao forno cerca de 25 minutos. Deixar arrefecer.
Misturar o queijo creme com o azeite, a mostarda, o sal e pimenta. Rechear a tarte com o creme, e colocar o presunto e os figos.
Levar ao frigorífico até ao momento de servir!

Yummi! As fotos não estão grande coisa, mas tem o pormenor das flores que o meu filho me ofereceu! Bom fim de semana...


(receita adaptada de uma revista da Bimby, mas que se faz facilmente com qualquer outro robot de cozinha, ou até sem ele!)






                                       FACEBOOK - INSTAGRAM - PINTEREST - BLOGLOVIN

setembro 22, 2014

Domingo com cheirinho a muffins de chocolate e framboesas....

Adoro o Verão, a liberdade que o calor e os dias compridos nos proporcionam, os pés descalços e o bikini sempre à mão para uma ida até à praia, fazem dos nossos dias dias mais felizes. 
Mas também gosto do Outono, da calma que nos faz ter com os seus dias cada vez mais pequenos, o calor alternado com os dias de chuva, os braços descobertos que rapidamente se escondem num casaco que aconchega. O outono proporciona também os pequenos almoços mais elaborados, em casa, o forno ligado e uma mesa bonita, dão o mote para o cenário perfeito.

Quando vi estes Muffins de Chocolate e Amoras, projectei-os logo na nossa manhã de Domingo, com a chuva prevista a cair lá fora, e o cheirinho da cozinha a perfumar-nos a casa. Mas depois de duas noites em branco, com o meu pequeno incomodado com sei lá o quê, no Domingo não estava nem aí para o pequeno almoço. Pena. Tinha ido comprar as framboesas - alternativa às amoras - de propósito ao mercado... 
À tarde, com o som da chuva que batia nos vidros, conseguimos o inédito: uma sesta a quatro e sincronizada! Acordei renovada e corri para a cozinha!




Ingredientes:
200g de chocolate preto de boa qualidade (70% de cacau) grosseiramente partido/picado;
125g de amoras pretas (use framboesas ou cerejas se preferir);
200g de manteiga sem sal;
150g de açúcar;
4 ovos;
200g de farinha;
1 ½ colher de chá de fermento;
1 pitada de flor de sal;
leite para salpicar;


Como fazer:
Retire a manteiga com antecedência do frigorífico, para que ela amoleça à temperatura ambiente.
Ligue o forno a 200.C e forre com papel vegetal 12 formas de muffins. 
Bata a manteiga muito bem com o açúcar até ficar uma mistura fofa. Adicione os ovos 1 a 1 e bata bem entre cada adição. 
Peneire a farinha com o fermento para dentro da mistura anterior, envolva e salpique com um pouco de leite (mexa um pouco). Adicione o chocolate partido e as amoras. Envolva com cuidado sem trabalhar demasiado a massa. 
Divida a massa pelas formas e leve ao forno por 15 a 20 minutos, ou até os muffins estarem firmes no centro.
Retire do forno e deixe arrefecer 5 minutos sobre uma grelha. 




Estes muffins fizeram-nos companhia ao lanche, e com eles demos as boas vindas aos fins de tarde de Outono! São deliciosos...ambos!


(Obrigado Rosa!) ;)






                                             FACEBOOK - INSTAGRAM - PINTEREST - BLOGLOVIN

julho 18, 2014

Tão simples, tão bom... (#5)

O tempo quente pede refeições rápidas, daquelas que podemos preparar depois de um dia de praia, sem pressas, sem nervos e "ai meu Deus, o que é que vamos jantar?". 
Uma pizza é sempre uma boa solução, mas as congeladas não têm aquele gostinho especial, as encomendadas eu não gosto, e boas boas são as caseiras! Mas calma,eu disse sem trabalho nem stresses e podendo aproveitar a praia, por isso não pensem que vão amassar nem nada disso! 
Como? Vejam...


O que precisam
1 embalagem massa folhada, queijo parmesão, tomate às rodelas, azeitonas, presunto.


Como fazer
Esticam a massa e ralam o queijo por cima. Dispõem as rodelas de tomate, o presunto e as azeitonas. Dobram a massa toda à volta, como na imagem. Levam ao forno pré aquecido.
Depois preparam uma bela salada (eu não dispenso com a pizza) ou uma bela sangria, e deliciam-se!
(Eu disse que era fácil!)

Bom fim de semana!



                                       FACEBOOK - INSTAGRAM - PINTEREST - BLOGLOVIN

julho 07, 2014

Linguine preto com camarão

Há algum tempo que andava para experimentar esta massa, que já muita gente me falou maravilhas, e finalmente consegui. Procurei algumas receitas de acompanhamentos, tirei umas ideias daqui outras dali, et voilá, Linguine preto com camarão!



Ingredientes (serve 2)
400g de camarão (descascado); tomate fresco, alho e cebola, sal e pimenta, azeite, manjericão fresco, piripiri (opcional). Linguine preto.

Como fazer:
Picar o alho e a cebola e dourar em azeite. Juntar o tomate fresco cortado em pedaços pequenos, o piripiri, e deixar estar. Temperar com sal, pimenta e oregãos, e deixar apurar mais um pouco.
Entretanto, colocar a água ao lume para cozer o linguine. Quando estiver a ferver, temperar bem a água com sal e um fio de azeite, e juntar a massa. Cozinhar al dente.
Juntar o camarão, ao preparado anterior, até estar cozinhado (cerca de três minutos). Misturar bem. (Se o molho estiver muito grosso, juntar um pouco da água de cozedura da massa).
Colocar o linguinni no prato e por cima o molho com camarão. Servir de imediato com umas folhas de majericão fresco e queijo parmesão.


(Embora não tenha notado um sabor tão diferente quanto isso - uma vez que o preto se deve à tinta de choco -, a cor da massa dá um ar exótico ao prato e fica uma refeição diferente. Acompanhado com este molho de tomate e camarão, fica divinal!
Acompanhar com um Rosé fresco, depois de deitar as crianças, claro!)

Espero que gostem! ;)





                                  FACEBOOK - INSTAGRAM - PINTEREST - BLOGLOVIN

maio 20, 2014

Ansiosas?!

Há por aí um blogue, muito ansioso e cheio de posts genuínos e divertidos, para ler. Nesse blogue também se gosta muito de comer e ainda mais de partilhar coisas boas, e eu fui uma das convidadas a partilhar uma receita que achasse que era mesmo de nos deliciarmos à mesa! 
Querem saber qual é? Toca a espreitar o Ansiedades da Niki, e preparem-se para o jantar!




                     FACEBOOK - INSTAGRAM - PINTEREST - BLOGLOVIN

maio 18, 2014

World Baking Day: para os meus três amores!

Bolo de Cenoura com cobertura de Iogurte *



Ingredientes

para o bolo
1 Laranja
1/2 Limão
100g de Amêndoas moídas 
25g de Nozes picadas
400g de Cenoura Ralada
3 Ovos 
150g de Açúcar Amarelo
50g de Farinha de Espelta
60g de Farinha de Trigo Integral 
1 colher de chá de Canela em pó
1/2 colher de chá de Gengibre ralado
1/2 colher de chá de Noz Moscada 
2 colheres de chá de Bicarbonato de Sódio
1 pitada de Sal  


para a cobertura 
2 Iogurtes Naturais 
1 c. chá essência de baunilha 
100g de Açúcar em pó 
umas gotinhas de Sumo de Limão 
Amêndoas Torradas a gosto e grosseiramente picadas 

Como fazer

Bolo 
Ligar o forno a 180ºC e untar uma forma redonda.
Raspar a casca da laranja e do limão e reservar. Espremer o sumo da laranja para uma taça e reservar.
Misturar os ovos com o açúcar e o sumo de limão; juntar a cenoura ralada e mexer para incorporar.
Aos poucos ir juntando as especiarias, as raspas da laranja e do limão, o sal, as amêndoas moídas, as farinhas e o bicarbonato de sódio mexendo sempre. Misturar o sumo de laranja e as nozes.
Colocar a massa na forma e levar ao forno cerca de 40 minutos. Verificar se o bolo está cozido com um palito e retirar do forno.
Depois de deixar arrefecer 15 minutos na forma, retirar o bolo e deixá-lo arrefecer completamente.

Cobertura **
Misturar o iogurte, o açúcar e o sumo de limão numa taça. Juntar a essência de baunilha.
Mexer bem e colocar no frigorífico pelo menos por uma hora.
Quando o bolo já estiver frio, espalhar o iogurte e salpicar com amêndoas torradas
.


Divirtam-se e partilhem uma fatia... se conseguirem! :)



* receita adaptada daqui!
** a cobertura é opcional, mas dá um "ar de festa" se tivermos convidados!




maio 16, 2014

a minha história na cozinha...

Por motivos profissionais, a minha mãe pouco cozinhava em casa, por isso nunca houve muito aquele hábito de ver a minha mãe cozinhar e aprender com ela. Quando havia alguma celebração (ano novo, aniversários...) aí esmerava-se nos petiscos e eu lambia os dedos de tão bons que eram! Depois veio a idade adulta, a universidade, viver sozinha e ter que me desenrascar. Ao inicio mal sabia cozer um ovo (sim, shame on me), mas voltei a casa a saber uma massa com bacon, melhor que ninguém! (pensava eu na altura, que aquilo era uma especialidade...)
A certa altura casei, felizmente já sabia fazer mais alguma coisita - porque marido querido encarava a cozinha como um laboratório experimental, e nem sempre a coisa saia comestível - mas cozinhar não era o que me dava mais prazer. Mais tarde, fui fazendo um bolo aqui, outro ali, lia uma receita, reproduzia e até saia bem. Quando estive de licença do filho grande, "devorei" as Nigellas, anotei receitas, depois veio o Oliver, e com o Master Chef Australia a coisa descambou: não perco um! Adoro livros de receitas, blogues com receitas, fotografias de comida, loiças, pratos, truques e dicas, tudo! A verdade é que descobri que cozinhar relaxa-me! Quando ando mais stressada, irritada, a primeira coisa que me vem à cabeça é "o que posso fazer na cozinha?" (De preferência algo que dê para amassar!) Quando penso em fazer um miminho, celebrar uma data, no que é que penso? Que bolo irei fazer?! 



Para quem como eu gosta de celebrar à mesa, ou para quem precisa de um bom motivo para fazer um bolo, ou para quem simplesmente nunca experimentou fazer mas gostava de, Domingo é o dia: World Baking Day! O desafio é por o mundo a fazer bolos, oferecer um bolo a um aniversariante (why not?) e reunir os mais queridos à volta da mesa e celebrar!
Quem se junta? Eu vou fazê-lo, sem dúvida, e domingo sirvo-vos uma fatia (com receita) aqui! ;)



                                   FACEBOOK - INSTAGRAM - PINTEREST - BLOGLOVIN

abril 26, 2014

Tão simples, tão bom (#4)

Cortar os peitos de frango em cubos e salpicar com sal.
Numa frigideira anti-aderente tostar amêndoas laminadas e reservar.
Numa frigideira deitar um pouco de azeite e alourar o frango. Juntar cebola, cortada grosseiramente, juntar um caldo de legumes e um pouco de água a ferver. Deixar cozinhar cerca de 20 minutos.
Juntar ananás cortado, mexer e deixar estar mais um pouco. Espalhar as amêndoas por cima e um pouco de salsa.
Servir acompanhado de arroz Basmati (ou branco simples).

Simples, rápido, muito bom!!

abril 24, 2014

abril 17, 2014

Era uma vez um folar...

Páscoa sem folar não é Páscoa, pelo menos para mim. Desde sempre que o folar, aquele tradicional com o ovo no meio (dispensável, para mim) é obrigatório na mesa do almoço de Domingo de Páscoa. Este ano, como em outros, encomendámos uns folares típicos do Algarve para levar para a família, são deliciosos. Já me tinha passado pela cabeça fazer um folar, mas depois achei que era melhor não, não ia sair bem, e o melhor era estar sossegada! (risos)
Até ler este post da querida Susana, que me envolveu de tal maneira que pensei: why not?!

A ideia era fazer com o R., uma actividade relacionada com a época, e algo em que ele gosta de se envolver: fazer bolos! Mas o tempo está contado, e era dia de ficar sozinha com os dois, e achei que não ia dar com o Du sempre a puxar-me as "saias". (risos) Decidi avançar sem o meu ajudante, mas com a promessa que a próxima fornada será com ele, e a usar as mãozinhas!!!


Aqui fica:

Ingredientes (dá dois folares):

250 ml leite; 20g fermento de padeiro fresco; 80g manteiga (temperatura ambiente); 3 ovos; 70g açúcar amarelo; 320g farinha de trigo; 200g farinha integral; 1 c. chá de sal; 1 c. sopa canela; 1 c. chá gengibre em pó.

março 15, 2014

O melhor bolo de chocolate do mundo?

É este! Fiz este bolo neste dia especial e é maravilhoso, fica muito fofo e toda a gente adorou! Principalmente o aniversariante... Juntem-lhe framboesas e vão ver a combinação fantástica que é! 


Ingredientes

400g açúcar; 4 ovos; 2 dl óleo; 2,5 dl água morna; 120g chocolate em pó; 260g farinha com fermento; 1 c. café de fermento em pó.

Como fazer 

Untar uma forma e pré-aquecer o forno a 180º C.
Bater os ovos inteiros com o açúcar e o chocolate. Misturar a farinha com o fermento. Juntar este preparado ao preparado anterior, intercalando com água. Bater o suficiente para envolver os ingredientes. Juntar o óleo e bater muito bem. 
Levar o bolo ao forno, durante +/- 45 min. Quando o bolo estiver cozido, desligar o forno e deixar o bolo dentro do forno com a porta aberta 5-10 min.

Calda
40g chocolate em pó; 40g margarina; 40g leite; 70g açúcar.
Levar todos os ingredientes em lume brando, sem parar de mexer, cerca de 10 minutos. 


Nota: O ideal é uma forma de 22-24 cm diâmetro, ou com buraco no meio, para ficar mais alto. Tive uns imprevistos e usei uma forma maior!

Depois contem-me como ficou!

Bom fim de semana!

fevereiro 28, 2014

O bolo, não pode faltar!

Não gosto de bolos de pastelaria. Os de aniversário, são todos iguais, artificiais e... caros! Mas, aniversário que é aniversário tem que ter bolo de anos, ou bolo com vela, ou vela só, vá. Para o primeiro aniversário do D. dediquei-me ao bolo. Não houve propriamente uma festa, até porque era dia da semana e ele ainda é muito pequeno. Mas estavam crianças, o R. a vibrar com os parabéns do mano, e eu/nós a querermos tornar este dia especial. Pesquisei, procurei inspirar-me aqui, fiz algumas perguntas num grupo do Facebook a que pertenço (e que um dia vai merecer um post), et voilá, este foi o resultado:


A mesa tinha uma foto do meu pequeno, umas flores amarelas, e toalha verde água a fazer pandant com o macaquinho! Gostaram?!
Estava tudo muito fofo, mas falhou uma coisa tão, mas tão importante... as fotografias!!! Acreditam? Não tenho uma fotografia do D. com o mano e as amiguinhas a segurar no quadro que dizia Parabéns, e que elaborei de propósito para a data! Temos uma foto dos quatro a apagar a vela... mas nem essa está como deve ser! Fiquei para morrer quando vi que não havia fotos! Fica tudo na memória... e tudo o resto correu bem!


Quanto ao bolo propriamente dito, é de laranja, fiz dois para ficar mais alto, e a receita podem encontrar aqui. É delicioso!
A cobertura, uma das dicas que me deram, super simples: uma embalagem de mascarpone, uma de natas, 70g de açúcar em pó (se voltar a fazer vou colocar menos açúcar). Bater até engrossar!

Foi tudo feito com muito amor!!!


fevereiro 09, 2014

da tarde: scones vs brioches!

Conto-vos uma:
Estive a preparar o nosso lanche. Vi e revi a receita e só pensava "Mas da última vez foi muito mais simples. Não levou tanta farinha, não tinha que levedar... não era esta a receita!" 
Mas fui ver no outro livro e confirmava-se: a receita era igual!
Agora, quando vinha prontinha para vos fazer inveja e perguntar quem queria uns scones acabadinhos de fazer, é que me dei conta... que tinha seguido a receita dos brioches!!!

Anyway, alguém é servido? ;)

janeiro 22, 2014

Tão simples, tão bom... (#3)

Quando estiverem sozinhas (ou a dois) e quiserem comer algo reconfortante mas sem terem muito trabalho, olhem para a vossa despensa com ar despretensioso e inovem! Foi o que fiz hoje, e deliciei-me com este fusili suculento!!


Ingredientes: Massa fusili (cozida al dente), tomates cereja, alho picadinho, azeite, malagueta (opcional), avelãs picadas, sal e pimenta q.b., queijo (parmesão ou outro).

Como fazer:
Enquanto a massa coze, saltear o alho em azeite. Juntar os tomates, temperar e deixar estar alguns minutos. Quando o tomate começar a ficar quase desfeito, juntar as avelãs picadas.
Escorrer a massa, misturar o preparado anterior e polvilhar com bocados de um qualquer queijo perdido no frigorífico, ou parmesão fresco acabado de ralar!

Bom apetite!!!

janeiro 14, 2014

Tão simples e tão bom... (#2)

Pegam num lombo de porco e põem a marinar com sal, pimenta e muito limão (+/- 1h).
Cortam 1/2 luas de cebola, alho, curgete, cogumelos frescos, cenouras e batatas (ou os legumes que quiserem e gostarem). Regam com azeite, um pouco de vinho branco e 1 caldo de carne.
Levam ao forno pré-aquecido cerca de 1 hora... e aproveitam para relaxar!
Huummmm...